domingo, 11 de junho de 2017

O que nos define é o que somos não o que temos!


O que nos define é o que somos não o que temos! 
Muitos possuem tudo e são nada, outros possuem nada e são tudo!
Uma questão de valorizar a essência humana, a nossa ...

João Salvador - 31/01/2017


Quer? Então faça!


Para se alcançar as metas e os objectivos é necessário, lutar, persistir e nunca desistir. 
Sem esforço nada se consegue ...
A inércia, a desorganização, a falta de vontade, levam ao insucesso e a quebra dos sonhos almejados!
Quer? Então faça! 
Não quer, não se queixe, nem inveje quem trabalha arduamente. Não inveje quem se esforça, quem tem sucesso, pois fez por merecê-lo! 
Sujeite-se assim, mercê da sua incúria e preguiça, aquilo que a vida lhe der ...


João Salvador - 09/02/2017

Um pai é um ser imperfeito





Um pai é um ser imperfeito. Retira de si os valores mais puros, em prol dos seus filhos!
Esse amor incondicional reveste-se de muitas formas: decidindo, ajudando, educando, orientando, deixando depois que a vida lime os valores transmitidos.

João Salvador - 16/02/2017

Tempos conturbados



Vivemos tempos conturbados, onde os valores nada dizem a muitos dos nossos jovens, cujas vidas foram demasiadamente facilitadas. 
Tal é manifestando em comportamentos grupais ou isolados, sendo facilmente influenciáveis pelas massas, ou por outros jovens com personalidades de liderança, como foi o caso recentemente publicitado pelos órgãos de comunicação social!
Não se dão conta das privações dos pais, do esforço, da luta diária para lhes dar educação, dignidade, tudo que estes não tiveram.
Muitos foram criados em redomas de vidro, sem ouvirem um não, desconhecendo as regras mais basilares da vivência humana.
Tudo lhes foi dado de mão beijada. Um grande erro dos pais ...
As regras, a disciplina, a educação são de extrema importância.
Ou se estabelecem regras desde cedo, ou a vida os ensinará da forma mais madrasta.
Os erros, esses são uma aprendizagem, mas muitas vezes difíceis de cicatrizar. As feridas se profundas marcam para a vida!
Ser pai é ser amigo, mas rígido e exigente, pois só assim se moldam as personalidades fortes, com carácter e humildade!
Precisamos saber se queremos filhos felizes e realizados, ou filhos mimados que perdem o rumo, vivendo no limbo da irresponsabilidade, da imaturidade...
Ser pai é amar, orientar, aconselhar, educar, moldar ...



João Gomes Salvador - 14/04/2017

Abril ofereceu as liberdades



Naquele dia, Salgueiro Maia e os seus homens, destruíram as barreiras de uma ditadura, que mergulhou Portugal, durante anos a fio num limbo de obscuridade! 
Tempos não vividos por mim, apenas estudados, não tendo eu sentido na pele as amarguras do regime. 
Nesses tempos, imperava o medo é certo, mas também reinava a humildade, a pureza nas almas dos cidadãos, o patriotismo, o amor à terra mãe!
Hoje reina a liberdade, tão almejada. 
Nalguns casos confundida com a possibilidade de tudo fazer, sem respeitar todos aqueles com quem se priva, esquecendo-se os deveres e as mais básicas regras de civilidade.
O que se quer hoje? Tudo e nada ao mesmo tempo!
Os cidadãos (não todos felizmente), vivem hoje do chico- espertismo, não se rogando, vivendo de esquemas, de espezinhamento, de egocentrismo!
Valores? Para muitos nada dizem ...
O cidadão, para as elites são apenas o sustento dos seus vícios, das suas ambições. Para esses somos nada, uns bonecos, cordeiros que ruminam nos pântanos dos esquemas, engendrados, pelos lobos vestidos com pele de cordeiro!
Afinal o que se quer hoje, quando se vive mais para o futebol (não que não seja importante o lazer e o divertimento), do que para a cidadania activa?
Os tempos que se avizinham não são fáceis. Que futuro nos espera e que lições a retirar de um 25 de abril, que para muitos foi, não apenas de liberdade mas de aproveitamento e de destruição da imagem da nação e do sentimento de patriotismo e amor para com a pátria mãe.
"Máxima liberdade, máxima responsabilidade" - cada vez este cliché é menos valorado!

João Salvador - 25/05/2017

Não escrevamos o destino com tintas escuras




Cada um que cuide da sua luz e não tente apagar a luz do próximo! 
Sejamos felizes com a felicidade alheia, não a invejando de forma depreciativa. 
Colhamos da felicidade alheia, ensinamentos, energias positivas, alegria, felicidade, encantamento ...
Não escrevamos o destino com tintas escuras, sem vida. 
A maldade pura deve abandonar os corações aprisionados nas trevas, abrindo-se à vida, à luz ...
Viva a sua própria vida e se não acrescenta nada de positivo à vida dos outros, não lhe tente retirar positividade, com posturas obscuras e negativas!


João Salvador - 18/05/2017

domingo, 11 de dezembro de 2016

Encontrar a luz!




Nem sempre é fácil encontrar a luz ao fundo do túnel.
A luz parece inalcansável, longínqua ...
Temos que acreditar que o ser supremo,ilumina o caminho e guia o nosso destino!
Muitas vezes essa luz encontra-se na palma das nossas mãos, acalentando os dias, purificando a vida ...
A pureza dessa luz, elimina a negatividade da mente!
É com esse pensamento que aconchego a minha alma,levando-me ainda a acreditar no amor,na paz, na amizade ... na vida!


João Salvador - 11/12/2016



A nossa existência não se resume só ao passar, mas sim ao viver ..



Naturalmente que o trabalho faz parte da nossa vida, 
pois é dele que obtemos os meios para fazer face às exigências logísticas
e materiais da nossa existência.
Muitos de nós vivemos absorvidos no amealhar, no poupar, 
o que é obviamente necessário, para termos uma almofada financeira. 
Mas que isso não seja razão para negarmos algum do nosso tempo, 
sempre que possível aos filhos, à família, aos amigos, 
mas principalmente a nós próprios. 
Não vivamos agarrados ao tique-taque sombrio do relógio, 
à rotina dos dias apagados.
Não sejamos meras máquinas, meros passageiros de uma vida errante!
Sejamos donos da nossa efémera mas bela existência!
A nossa existência não se resume só ao passar, mas sim ao viver ..


João Salvador - 11/12/2016

domingo, 27 de novembro de 2016

Honra o próximo e a ti próprio!


É interessante como tudo é exigível nesta sociedade consumista.
Nesta sociedade acelerada, desumanizada, desvirtuada ... menos a honra. 
Essa não é exigível porquê? 
Onde andam os valores dos homens? 

Onde anda a sua humildade? 
Onde anda a sua condição de ser humano, em todo o esplendor da sua grandiosidade, mas ao mesmo tempo da sua pequenez?
Esse para mim é o dever maior, honrar o próximo e acima de tudo honrar-se a si próprio!
A par da honra temos o carácter. 
Esse é também um dever. Frontalidade, humanidade, mas acima de tudo carácter e respeito!
Por vezes ficamos atónitos, alarmados, com a falta de honra, honestidade, mas acima de tudo, falta de carácter, de alguns seres que respiram. 
A honra, esse valor basilar é algo que deveria existir em quem ocupa cargos de maior responsabilidade nas instituições que representam! 

Esse pilar deve nortear a vivência do comum dos mortais. 
Não façam disso um valor de vergonha, pois a honra é um valor ancestral e essencial para a vida humana! 
Quem não vive com honra não vale o chão que pisa, o ar que respira!
Quem quer respeito deve dar o exemplo. Acima de tudo ser imparcial, humano, amigo, para assim o sentimento ser recíproco, ser respeitado e honrado!


João Salvador - 26/11/2016

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

O maior obstáculo à realização pessoal são os próprios medos


O maior obstáculo à realização pessoal são os próprios medos.

Para os vencer é necessária uma introspecção profunda, uma análise, um recolher, um estudo, ao mais recôndito recanto da alma. 

Ali habitam os fantasmas da existência, o pavor da noite, as trevas, o medo que petrifica e que urgem serem arrancados, expiados, purificados. 

Vasculhando os sentimentos, as emoções, buscando a cura para uma alma doente, a redenção, conseguir-se-à afugentar a fobia de todos os receios, que ali habitam!

Após a extracção dos medos, os obstáculos serão mais leves e seguramente transponíveis.

O maior obstáculo de mim próprio, sou eu!


João Salvador - 17/11/2016