domingo, 11 de dezembro de 2016

Encontrar a luz!




Nem sempre é fácil encontrar a luz ao fundo do túnel.
A luz parece inalcansável, longínqua ...
Temos que acreditar que o ser supremo,ilumina o caminho e guia o nosso destino!
Muitas vezes essa luz encontra-se na palma das nossas mãos, acalentando os dias, purificando a vida ...
A pureza dessa luz, elimina a negatividade da mente!
É com esse pensamento que aconchego a minha alma,levando-me ainda a acreditar no amor,na paz, na amizade ... na vida!


João Salvador - 11/12/2016



A nossa existência não se resume só ao passar, mas sim ao viver ..



Naturalmente que o trabalho faz parte da nossa vida, 
pois é dele que obtemos os meios para fazer face às exigências logísticas
e materiais da nossa existência.
Muitos de nós vivemos absorvidos no amealhar, no poupar, 
o que é obviamente necessário, para termos uma almofada financeira. 
Mas que isso não seja razão para negarmos algum do nosso tempo, 
sempre que possível aos filhos, à família, aos amigos, 
mas principalmente a nós próprios. 
Não vivamos agarrados ao tique-taque sombrio do relógio, 
à rotina dos dias apagados.
Não sejamos meras máquinas, meros passageiros de uma vida errante!
Sejamos donos da nossa efémera mas bela existência!
A nossa existência não se resume só ao passar, mas sim ao viver ..


João Salvador - 11/12/2016

domingo, 27 de novembro de 2016

Honra o próximo e a ti próprio!


É interessante como tudo é exigível nesta sociedade consumista.
Nesta sociedade acelerada, desumanizada, desvirtuada ... menos a honra. 
Essa não é exigível porquê? 
Onde andam os valores dos homens? 

Onde anda a sua humildade? 
Onde anda a sua condição de ser humano, em todo o esplendor da sua grandiosidade, mas ao mesmo tempo da sua pequenez?
Esse para mim é o dever maior, honrar o próximo e acima de tudo honrar-se a si próprio!
A par da honra temos o carácter. 
Esse é também um dever. Frontalidade, humanidade, mas acima de tudo carácter e respeito!
Por vezes ficamos atónitos, alarmados, com a falta de honra, honestidade, mas acima de tudo, falta de carácter, de alguns seres que respiram. 
A honra, esse valor basilar é algo que deveria existir em quem ocupa cargos de maior responsabilidade nas instituições que representam! 

Esse pilar deve nortear a vivência do comum dos mortais. 
Não façam disso um valor de vergonha, pois a honra é um valor ancestral e essencial para a vida humana! 
Quem não vive com honra não vale o chão que pisa, o ar que respira!
Quem quer respeito deve dar o exemplo. Acima de tudo ser imparcial, humano, amigo, para assim o sentimento ser recíproco, ser respeitado e honrado!


João Salvador - 26/11/2016

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

O maior obstáculo à realização pessoal são os próprios medos


O maior obstáculo à realização pessoal são os próprios medos.

Para os vencer é necessária uma introspecção profunda, uma análise, um recolher, um estudo, ao mais recôndito recanto da alma. 

Ali habitam os fantasmas da existência, o pavor da noite, as trevas, o medo que petrifica e que urgem serem arrancados, expiados, purificados. 

Vasculhando os sentimentos, as emoções, buscando a cura para uma alma doente, a redenção, conseguir-se-à afugentar a fobia de todos os receios, que ali habitam!

Após a extracção dos medos, os obstáculos serão mais leves e seguramente transponíveis.

O maior obstáculo de mim próprio, sou eu!


João Salvador - 17/11/2016

O maior obstáculo à realização pessoal são os próprios medos


O maior obstáculo à realização pessoal são os próprios medos.

Para os vencer é necessária uma introspecção profunda, uma análise, um recolher, um estudo, ao mais recôndito recanto da alma. 

Ali habitam os fantasmas da existência, o pavor da noite, as trevas, o medo que petrifica e que urgem serem arrancados, expiados, purificados. 

Vasculhando os sentimentos, as emoções, buscando a cura para uma alma doente, a redenção, conseguir-se-à afugentar a fobia de todos os receios, que ali habitam!

Após a extracção dos medos, os obstáculos serão mais leves e seguramente transponíveis.

O maior obstáculo de mim próprio, sou eu!


João Salvador - 17/11/2016

sábado, 5 de novembro de 2016

A única pessoa extraordinária é aquela que não sente vontade de ser extraordinária

"A única pessoa extraordinária é aquela que não sente vontade de ser extraordinária. Ela fica completamente à vontade na sua simplicidade".

(Osho) 
***
Extraordinário é ser-se um simples humano e sentir-se respeitado pelos amigos, colegas e família, independentemente dos defeitos e virtudes que possua.

No entanto, hoje deparamos com uma busca incessante de "protagonismo", muito generalizada pelas massas, qual "carneiros".

Vive-se num "deslumbramento" de acções provocadas pelo "egocentrismo", alimentado pela "bajulação", envenenado as relações colectivas, pedras basilares de uma sociedade racional, humana e com valores.

João Salvador - 05/11/2016

sábado, 29 de outubro de 2016

Hoje reina a paz num coração calado

      Hoje reina a paz,
      no interior de uma alma inquieta,
      que apenas busca a luz!
      Hoje reina a serenidade,
      num coração que ama calado....
      Hoje reina a pureza,
      numa mente límpida,
      desprovida de negatividade.

      Hoje reinas tu amor.
      Sim reinas tu,
      mesmo que não saibas!
      Ah! Esse amor que transborda deste coração palpitante,
      é tão forte, que nem o tempo consegue apagar!
      Sim, amo-te!
      Como não amar tanta beleza ... tanta humanidade.
      Como não venerar os murmúrios de uma mulher,
      cuja voz de veludo, enfeitiça os meus sentidos?
      Esse amor que liberto deste pobre coração,
      é tão forte, que nem a morte apagará!

      João Salvador - 29/10/2016



sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Vergonha versus aparências

A simplicidade não me envergonha, 
o que me envergonha é a falta de humildade e de humanidade, 
que assola as débeis mentes daqueles que querem ser o que não são, através da ostentação!
Nunca será o que tens que definirá quem és, 
mas sim a tua personalidade, o teu modo de ser e de agir. 
A vergonha não assiste aquele que vive condignamente, sem atropelos, sem vaidades. 
Os bens materiais não definem ninguém, 
mas sim os valores que cultivas e transmites aos teus filhos, aos amigos, 
aos familiares e à sociedade. 
É essa semente que deve germinar ...

João Salvador - 07/10/2016


quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Pensamento versus julgamento

A facilidade com que os seres humanos se julgam uns aos outros, é hoje chocante, alarmante!
Será assim tão difícil reflectir, pensar, ponderar, analisar, avaliar e não julgar?
O ser humano é imperfeito, isso é inegável. Daí que devamos limar essas falhas, de forma a não prejudicar quem nos ama, quem nos cerca, quem vive do nosso sorriso, na nossa companhia, quem está na nossa vida!
O homem, debate-se com o bom, o mau, o certo e o errado, o certo e o incerto, o amor o ódio. Cabe a cada um gerir os seus pensamentos, os seus sentimentos, as suas mudanças de humor e estados de espirito, transformando-os em positividade, ajudando-se, aliviando-se, conduzindo-se a si próprio e aqueles que absorvem as suas energias, para a serenidade, a paz, a luz!
Encarcerar os pensamentos negativos, em jaulas obscuras, apenas leva à deterioração; à negatividade ao julgamento precipitado; à destruição da mente. Tudo, apenas e tão só decorrente das energias que proliferam em mentes perturbadas que não buscam a cura para os seus males!
Não é fácil, haverá sempre dias complicados, arrasadores, apressados, loucos, decorrentes de uma sociedade amorfa!
Mas haverá também dias bons, dias de paz, dias de luz, de tranquilidade. Teremos manhãs banhadas pelo sol, energia ancestral, recarga de almas inquietas, impacientes, atormentadas.
Essa luz é vida ... absorvam-na!
Libertem-se do que faz mal e vivam, interajam, sorriam, amem a vida ... não se importem de serem avaliados, julgados, escrutinados por aqueles que não pensam, não reflectem, não vivem, não nada ...existem apenas, numa pobreza espiritual que choca!
Mas acima de tudo, amem-se a vós próprios em primeiro lugar. A felicidade encontra-se nos pequenos prazeres da vida, podendo ser encontrada no mais distante e recôndito recanto da nossa alma!



João Salvador​ - 15/09/2016


O sábio ignorante e o ignorante sábio

Todo o homem que se julga sábio, na verdade, mesmo que que não o saiba, nada sabe, mesmo pensando que sabe! 
A presunção, a soberba, o egocentrismo, tolhe a visão aos intelectuais de cartilha, colhendo-lhes a razão, matando a racionalidade, a auto-crítica. Aumenta-lhes apenas o ego, o vazio .... levando-os ao abismo da estupidez e da ignorância, que ele próprio ignora. 

Ao contrário, aquele que acha que nada sabe, mas que absorve humildemente os ensinamentos da vida, esse sim é sábio. 
Sim, esse é sábio, germinador de pensamentos, plantador de almas, de sentimentos. 
Mesmo que se ache eternamente ignorante, ou pense o contrário, certo é que é uma alma valorosa, inteligente, culta ... sábia!

Como há-de alguém aprender algo que acha que não lhe pode ser ensinado, porque simplesmente o ego o cega e se acha superior intelectualmente a todo o ser humano que com ele priva?

João Salvador - 10/09/2016